Março a Partir

Por pactoempregojovem em

“Ao longo das suas edições, o Março a Partir afirmou-se como um projeto de e para a juventude transversal a várias áreas de atuação no campo juvenil.”

CM de Palmela

O evento «Março a Partir – escola de participação», tem vindo a afirmou-se como um projeto de e para a juventude transversal a várias áreas de atuação no campo juvenil.

Desde os desportos radicais, de aventura e natureza, à música, cinema, teatro, dança, artes circenses, tecnologias de informação e preservação do ambiente, entre muitas outras, são promovidas variadas atividades pela Câmara Municipal de Palmela e dinamizadas em parceria com as associações juvenis, grupos informais de jovens e outras entidades que, por vocação, trabalham diretamente com a população juvenil do concelho.

O «Março a Partir» procura evidenciar, nos seus mecanismos, uma Escola de Participação para os jovens e para o associativismo, tendo como base princípios como participação, responsabilidade, tolerância, partilha e cooperação.

A ideia-chave é a de que os jovens sejam de facto participantes ativos, ou seja, envolvidos no processo de pensar e organizar o «Março a Partir», em vez de adotarem uma atitude passiva como meros espectadores dos resultados/atividades criadas por cada uma das Associações.

A estrutura da dinâmica utilizada para a concretização do evento procura proporcionar aos jovens que participem, numa aprendizagem e vivência do que é necessário concretizar na elaboração de um projeto coletivo, baseado no seu desejo, visão e contribuição para um bem comum – a comemoração da juventude e da participação num mês onde se celebram dois dias essenciais: Dia Nacional do Estudante (24 Março) e Dia Nacional de Juventude (28 Março).

Saiba mais aqui.